terça-feira, 30 de setembro de 2008

Fecho de temporada

Episódio 95



À semelhança dos pés, o ventre tem sido uma das zonas mais tatuadas pelas mulheres.
Os motivos variam conforme os gostos de cada uma, mas fica sempre atraente ao mesmo tempo que desperta curiosidade nos casos em que parte da tatuagem aparece escondida abaixo da zona normalmente visível por todos.
Esta cliente decidiu tatuar um par de borboletas rodeadas de estrelas que ao mesmo tempo envolvem algo que só ela saberá o significado.




A terminar esta 2ª temporada, esteve uma principiante (fez hoje a primeira) que escolheu tatuar o seu próprio nome numa flor em forma de estrela. Uma ideia original com o empurrãozinho das suas "manas" que a acompanharam e encorajaram do início até ao fim. Uma das "manas"
aproveitou a passagem e retocou as suas tatuagens (do episódio 69) e uma outra mais antiga que em breve será exposta aqui.

sábado, 27 de setembro de 2008

Agora sim !

Episódio 94

Continuar algo que começa mal nem sempre é fácil, mas depois de alguns "rabiscos" lá se conseguiu alcançar algo mais depois de um coração inacabado por alguém que não eu , há já alguns anos.
Com os motivos acrescentados, fica também a partir de hoje registadas as iniciais dos nomes das suas duas filhas.







Um óptimo presente de aniversário.

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Já está feito

Episódio 93

Inicialmente seriam apenas os nomes dos seus filhos, mas visto ter já ideia de fazer a continuação, aproveitou e fez tudo de uma só vez.
Não custou tanto como estaria à espera e ficou então o serviço completo.


Uma superfície plana em duas fase de execução:


quinta-feira, 25 de setembro de 2008

De tudo um pouco

Episódio 92





Uma fada é sempre uma fada, monocromática ou colorida, tem sempre o seu "quê" de mística e de fantástica.
Como primeira tatuagem, acredito que deixou no cliente um certo "bichinho" para uma próxima, apesar de esta ser só uma forma decorativa que ele achou por bem colocar na sua perna.






Entre atrasos, telefonemas, cateters encravados e gemidos masculinos numa depilação dolorosa... Tudo correu de uma forma bem tranquila entre ambas as partes intervenientes neste processo de aplicação de um piercing que à partida seria simples e rápido como é comum.
Mas tudo está bem quando acaba bem, e depois de tanta peripécia, mais uma fiel cliente satisfeita depois de tanta espera para fazer o tão desejado piercing no umbigo.





Também a cliente que se seguiu, além do piercing feito noutra altura voltou para uma nova tatuagem, sim por que a primeira está no já longe episódio 5.
Desta vez umas simples pegadas de cão para demonstrar o seu afecto pela espécie que tanto admira.














Para terminar, um piercing na língua de quem sem receio aparente se sentou na marquesa e rapidamente resolvemos o seu assunto.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Bem giro

Episódio 91

Sem razão aparente, não fosse a pessoa que a acompanhou "lembrar" que esta tatuagem significa o início de um novo ciclo de vida da própria tatuada.
A escolha recaiu sobre este misto de estrelas e tribal bem
soft em mais um pé que a partir de hoje exibirá um exemplar com algumas semelhanças em relação a outras que já aqui foram expostas, mas sempre com um pormenor que a distingue das demais.

Tanto tempo de espera resultou numa sessão de tatuagem tranquila e sem aquela dor irritante que julgava antes de a sentir.
Também a pequena Claúdia (sua filha) que acompanhou todo o processo,achou que no fim o tal "giro" estava realmente giro. O pai achou o mesmo e está todo orgulhoso de a ter feito assim.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Triplicando sorte

Episódio 90

Para pequenos males, pequenos remédios. Comentários serão escusados ao motivo que levou esta cliente a tatuar uma letra dentro da sua estrela da sorte. Agora a sorte será a triplicar e sem "intrusos" pelo meio.

.

sábado, 20 de setembro de 2008

Exclusividade assegurada

Episódio 89




Os seguidores de Pearl Jam sabem bem que personagem representa esta tatuagem. Aqui nas costas de uma acérrima fã que mesmo com algum sofrimento, conseguiu que o seu "Eddie" (como lhe chamou) ficasse bem "instalado" às suas costas.
No ar e na sua cabeça ficou um outro desenho
para mais tarde tatuar.










Exclusivo:

Art of Ink

desenho by gui-tattoo

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Todas na moda

Episódio 88

Palavras para quê? Nos últimos 12 episódios em 22 tatuagens,7 foram feitas no pé de uma rapariga, esta é já a 8ª da contagem.
Está na moda e fica realmente bem a qualquer uma, seja ela mais ou menos complexa em termos de pormenor.






Esta é a primeira etapa de um alargamento do lóbulo. Um BCR de 2mm por opção do cliente, mas que em tudo se adequa à sua intenção de futuro alargamento.










Mais duas raparigas sem absolutamente nada em comum (que eu saiba), apenas a vontade de fazer um piercing no interior da cartilagem da orelha esquerda. Trabalho executado e mais duas raparigas na moda. Ressalvo que a palavra moda aparece como forma expressiva de realçar uma temporada de trabalho com muitos serviços idênticos.






Terminando o dia, uma principiante algo amedrontada com a suposta dor que iria sentir durante a execução da tatuagem...
Mas no final lá "confessou" que o que custou foi começar, por isso está tudo dentro da normalidade, porque para tudo há uma primeira vez vamos sempre à cautela.

O seu gosto por estrelas é agora mostrado também através desta tatuagem.

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

É parte de mim

Episódio 87

Como vem sendo habitual, as "meninas" têm escolhido muito a zona dos pés para tatuar. Umas para que seja discreto no emprego, outras para que seja visível sempre que quiserem.
Esta imagem surgiu de uma pesquisa e nunca mais lhe saiu da ideia até ao dia de hoje em que tornou real a ideia que tinha de a ver tatuada no seu próprio pé. Segundo a própria, traduz na perfeição um pouco do seu ser, pelo que não pensou duas vezes em tatua-la.

Apesar de não ter sido a sua primeira tatuagem, nem a primeira ter sido feita por mim, esta cliente estava receosa da dor e não evitou um ou outro "ai" durante a realização da mesma.
Mesmo sendo um simples e comum tribal no fundo das costas, que é também muito comum entre as mulheres, tudo acabou bem e mais rápido do que esperávamos.





A acompanhar a cliente anterior estava o "Bino".
Lembram-se dele do episódio 74 ?
Continua de boa saúde e guardando bem as costas da sua portadora.

Tudo passa

Episódio 86

Mais um pé feminino para ser estrelado, desta vez com umas ligações simples e sem grandes trabalhados para não ser tão doloroso, pois era esse o maior receio da "vitima" desta manhã.

Depois de "apreciar" o mamilo do primo com o devido adorno e se encher de coragem, lá decidiu pôr à prova a sua coragem e furar o mamilo que há tanto tempo esperava por esta decisão.

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Enquadramento perfeito

Episódio 85

Um dos "melhores amigos" do episódio 16, voltou para mais um serviço. Depois de uma sobrancelha bem cicatrizada e sem problemas, foi a vez de furar o lábio. Na foto juntei o útil do serviço recente ao agradável de recordar o anterior que não tinha ainda registo. Aproveitando a oportunidade fotografei uma vez mais a sua perna com os pêlos já devidamente crescidos...



Para sempre no corpo desta jovem cliente ficará a marca com as 1ªs letras do nome das suas irmãs estrategicamente enquadrados numa borboleta abstracta e original. A ideia foi sua e o resultado agradou-lhe.

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Paixão de irmãos

Episódio 84





Uma imagem bem seleccionada de entre as dezenas de possibilidades... Os gostos não se discutem, mas na minha opinião foi uma boa escolha.
Mais uma religiosidade à qual não dá para ficar indiferente.














Mais um piercing no tragus para quebrar a rotina de tatuagens.
















Conclusão do "cover" do episódio 61












Dois irmão que optaram por marcar este dia em conjunto com um piercing.
Ela como dá para ver na imagem fez no nariz o piercing que tanto ansiava.
Ele, depois de uma tentativa "falhada" de ter um brinco na orelha, conseguiu agora a verdadeira permissão para o fazer com os devidos cuidados e em condições legais.

Cócegas

Episódio 83


Vários piercings, não substituem a coragem de fazer uma tatuagem.
Apesar de já ter furado a língua várias vezes, o receio sentia-se e só depois de terminar a tatuagem é que foi possível sentir o alívio na expressão desta cliente que não olhou para trás quando viu este desenho num daqueles decalques de fazer com água numa loja de chineses. Tatuou o mesmo desenho depois de uma experiência temporária com o referido "calquite".


Um festival de cócegas, é a principal memória que ficará entre nós (tatuador e tatuada) desta tatuagem que nada tem a ver com vícios, mas sim um gosto especial por dados.
Resumindo: a tatuagem não doeu, mas muitas vezes um ataque de cócegas pode ser mais "doloroso" que a dor propriamente dita.

Jornada completa

Episódio 82






Uma espécie de sol original e exclusivo ficará para sempre radiante no ombro deste cliente que não hesitou na escolha quando o viu no catálogo.








Duas primas menores com o mesmo objectivo: um piercing no nariz.

Depois de formalizada a autorização e o consentimento da mãe de uma e madrinha da outra, as suas expressões revelam a felicidade depois de constatarem o desejo realizado.



Três amigas bem decididas em fazer uma tatuagem, a dúvida persistiu apenas no motivo, pois a zona a tatuar estava já mais que pensada.
Por coincidência (ou não) todas elas escolheram um olho de Orus, mais ou menos trabalhados, todos resultaram bem perante as espectativas deste grupo que se deslocou a Santo Tirso para se tatuar.




Uma peça religiosa fez "milagres" na mente deste cliente que estava tão receoso que pôs até em dúvida se fazia ou não a tatuagem, mas visto ter vindo na onda das amigas que tatuaram os olhos de Orus... lá aguentou (e bem) a tatuagem até ao fim.

Discretamente belo

Episódio 81






Quatro vezes adiado, este septum algum dia tinha de ser adornado com um black-line há muito escolhido.
Os labrets, já têm alguns meses, mas este cliente exigente não ficará por aqui...aguardem.










Tatuagens no pé, têm tido muita aderência especialmente por parte do sexo feminino. Este desenho relativamente simples reflecte a vontade de uma primeira tatuagem discreta e ao mesmo tempo bem ao seu gosto.













Qualquer semelhança com alguma tatuagem que já tenha por aqui passado, não é só coincidência. Na verdade esta cliente gostou da tatuagem da irmã e decidiu apenas alterar as letras para que assim se identifique mais com elas.

Receios à parte

Episódio 80






Um piercing na cartilagem, apesar de algo vulgar, é sempre um bom motivo para "quebrar a rotina" no que toca ao adorno das orelhas.
este é mais um exemplo disso.









Em determinada altura da vida, sentimos que somos capazes de superar tudo o que seja novo e nos proporciona prazer, ainda que envolva risco de "sofrimento". Que fazer uma tatuagem dói, já toda a gente sabe... agora: que seja realmente insuportável, só casos muito raros.
"À prova" estiveram dois irmãos que rápido decidiram quem faria a tatuagem primeiro: o maninho.
Portou-se lindamente, o que faria prever um comportamento mais agitado por parte da mana, uma vez que era à partida a mais renitente.
Tudo acabou bem e com os dois a concluírem afinal que a parte mais difícil é mesmo começar... a partir daí: é até acabar !
Terminando sem dúvidas, esclareço que o irmão (mais novo) tatuou um dragão tribal na perna, não só pelo seu clube ser o FC Porto, mas também porque adorou o desenho e já era sua intenção tatuar algo do género; a irmã optou por uma simples borboleta com rasto de estrelas por simples gosto pessoal.

Nada a esconder

Episódio 79





Manhã animada com uma jogadora da bola. O piercing no nariz era uma vontade antiga, mas depois de tanto "fazer a cabeça" aos pais, lá conseguiu permissão para o fazer. Agora fica pendente
uma tatuagem cuja escolha está ainda em fase de aprovação.









Um dragão tribal como este, é um desenho que simples que se adapta na perfeição em qualquer zona do corpo.

Este cliente optou por tatuá-lo na parte interior do braço de forma a puder ser visível em qualquer situação, porque depois de tanto tempo para a fazer, agora é para mostrar.