quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Nossa Menina

Episódio 752


sexta-feira, 18 de Julho de 2014

Garter / Liga

Episódio 750


sexta-feira, 11 de Julho de 2014

X 3

Episódio 748


sexta-feira, 4 de Julho de 2014

Borboleta

Episódio 746

 




"Uma imagem (Tatuagem), que vale mais de mil palavras..."















"Custou, mas por elas faria tudo novamente!"

quarta-feira, 2 de Julho de 2014

Parabéns Iva Soares !

Episódio 745

"É nela que tudo começa, é com eles que aprendemos tudo, ou pelo menos a base para um bom crescer. Quando mais precisamos estão lá e quando menos precisamos continuam num suporte único e num amor sem igual!


Não foram necessários 29 anos para o saber mas foram precisas as provações até hoje para ter a certeza que não há nada nem ninguém que os supere!
São pais, irmãos, sobrinhos e os que me querem verdadeiramente bem que fazem parte dela, da Família!

Onde tudo começa e acaba! Amor puro! 29* "


segunda-feira, 30 de Junho de 2014

Resumo da 25ª Temporada (abr-mai-jun 2014)


https://www.facebook.com/media/set/?set=a.886643884686348.1073741832.142869309063813&type=3

Clica sobre a imagem para visualizar o álbum completo, com as 115 fotos que compuseram esta temporada.
(isto não é uma ordem, é uma sugestão)

#palacioink6

Episódio 743

Esta 25ª Temporada não poderia terminar sem aquele que foi sem dúvida o episódio mais marcante dos meus últimos 3 meses de trabalho.
Coincidiu com o fim de semana que decidi tirar para conciliar o trabalho com o lazer. 
Decorreu entre os dias 30 de maio e 2 e junho, aquando do Rock in Rio Lisboa
Resultou em: Trabalho, Boa Comida (no sempre acolhedor Castelo dos Sonhos), Novas Amizades, Música, Muita Alegria, um Casamento e Momentos tão marcantes, que só um Alzheimer da pior espécie me poderá roubar da memória !

 


Coincidência, é também este episódio surgir precisamente no dia em que uma das principais Estrelas desse fim de semana, celebra o seu Aniversário.

É Hoje !
PARABÉNS Joana Latino !


(e Obrigado Ana Besteiro por atrasares o envio da tua História :))





Agora, seguem pela ordem inversa de execução, as palavras (e as imagens) que me deixaram e que resumem a razão destas marcas tão definitivas e que com Muito Orgulho e Satisfação me empenhei a deixar nestas pessoas que me enchem de Carinho Todos os dias.

Obrigado a todos/as e Até Muito Breve !
Vosso Tatuador Amigo: @guitattoo ;)

 *****

"Palácio Ink, sexta edição!
Épica, com um Rock'in'Rio pelo meio, recheado com o casamento da nossa amiga Joana Latino. 
Fui o ultimo a ser tatuado, mas com a ansiedade controlada. Tinha algumas ideias para esta edição. O tema seria o Dia de Los Muertos, o boneco ainda uma incógnita. Até ao próprio dia estive indeciso, mas rapidamente cheguei ao boneco: Manny Calavera, o colector de almas ou melhor, agente de viagem de almas para o outro mundo, herói do jogo Grim Fandango.
E o mapa de ícones da minha vida em tattoos segue conceptual.
Gui, faz-me um boneco!"

*****
2 Anos - 2 Andorinhas

*****

 
"Foi a primeira. E quero mais.

Pela mão do Guilherme Araújo, que me estreou na arte, tenho impresso na pele aquilo que em mim não tem preço...
A minha liberdade. I'm a free mind. A free spirit. E farei daqueles duas andorinhas que me seguem, herdeiros desse legado.







Hoje... Os dois corações que batem dentro do meu. Sem cor porque terão a cor que eles quiserem. Quando quiserem... Pegam na caneta e pintam-no da cor que bem entenderem. Porque sou uma tela viva dos meus filhos."
 

 


*****


"Meia tatuagem, meia história, meia Frida !

Isto das tatuagens é um vício tramado... depois da primeira começamos a pensar na segunda, depois da segunda na terceira , e depois na quarta, logo a seguir na quinta que o número não pode ser par, e assim vai...
Este ano o tema cá de casa para a tattoo da estação era o Dia de los Muertos, a festa Mexicana que celebra a vida. Flores, caveiras e muita cor.
Depois de muita pesquisa, e como diz uma amiga:
Thank God it's Frida!
...(continua no próximo episódio)"


***** 
"Carta para o Gui

Vão ser 7 Joaninhas a subir pela minha perna, impelidas no voo pelos teus desenhos, cravados com uma suavidade só tua na pele que eu te emprestei.
Não fazias ideia, mas propuseste-me um número primo, precisamente aquele que me une aos meus partidos pais. Nem me perguntaste, mas pousaste a primeira em cima da fractura já curada que eu quis assinalar. Foi a falta de tempo que assim o determinou, mas fizeste as 3 primeiras apenas.
A minha mãe, sempre a nossa base, junto ao tornozelo; o meu pai, sempre sonhador, mais acima; uma Joana pequenina, protegida, entre os dois.
As 4 que faltam são os meus sentidos. Todos menos a visão, porque os meus pais apenas não me estão ao alcance dos olhos. Pouco te disse sobre a tatuagem que queria e, mesmo assim, tu descobriste por ti o que fazia mais sentido. Porque é o que faz mais sentido para mim: que está tatuagem seja tanto de quem a oferece como de quem a recebe.
Obrigada Gui!
Eternamente obrigada."

 *****

"Tattoo XIII 
Eu, aos olhos do Bernardo (na altura com 5 anos)

Aquele desenho tem estado no móvel do meu quarto, exposto, para todos verem. Eu: e todos os pormenores daquele dia: os óculos, os totós, o anel na mão direita, os pins que levava na camisola, os piercings nas orelhas, até um remendo que eu tinha  nas calças.

Tudo em pormenor.
Soube que ia cravar este momento na pele. Sei que ele agora desenha de outra forma. Mas a espontaneidade deste desenho merece ficar gravada para a eternidade.
Obrigada, Guilherme, por seres um “copista” tão perfeitinho! 

***
Tattoo XIV
“if I can’t dance it’s not my revolution”
 
A frase é de Emma Goldman, uma escritora, anarquista, feminista, ateísta lituana, nascida em 1869.
A frase é conhecida nesta versão e noutra: if I can’t dance I don’t want to be part of your revolution.

Escolhi esta versão mais curta para tatuar na pele o meu gosto pela dança, pelo rodopiar no pensamento , nas emoções, nas escolhas e nas consequências daquelas.

A vida é uma pista de dança e se não sentires o ritmo da música não vais ser feliz, nem inteiro a dançar.

A dança, a aprendizagem de uma dança a par, marca um momento de viragem na minha vida: pessoal e profissional. Por isso a necessidade de marcar este momento, de forma simbólica, com uma frase dançante e revolucionária: como eu!"

 *****
O Eli,
 

Elefantes são símbolos de sabedoria, lealdade, força, fidelidade e longevidade, os elefantes sempre vão amparar outro elefante em apuros ( tão eu !).
É também um símbolo de sorte que marquei em mim, na data em que decidi mudar, seguir outro caminho, buscar algo melhor ! Assim levo a sorte sempre comigo !
 

O balão ,
Para não me esquecer de sonhar ... acordada , já que a dormir raramente me lembro dos sonhos ! Para seguir esses sonhos e aventuras ! Ir onde o "vento" me levar, sempre com o Eli a dar-me sorte para os meus voos.

Até ao próximo rabisco !
Tem de ser, diz que não se pode ficar com número par !